Dicas – Maison Noivos & Cia

Dicas para você não errar na hora de se vestir

Camisas

  • Camisa social para uso com traje social e rigor SEMPRE é do modelo manga longa. Não use mangas curtas sob o paletó de trajes sociais ou rigor.
  • Lembre-se de abotoar todos os botões de sua camisa – inclusive punhos e colarinho
  • Para utilizar gravata, o colarinho deve ser sempre abotoado. Evite o uso de extensores
  • No tamanho do colarinho ideal, você consegue colocar o seu dedo indicador entre o colarinho e o pescoço. Mais do que um dedo, o seu colarinho está grande e vai ficar caído. Menos que um dedo, ele tem a possibilidade de ficar incomodando durante o evento.
  • Os punhos da camisa, quando tiverem dois botões, deve ser abotoado de forma a ficar o mais justo possível.
  • O comprimento correto da manga da camisa é terminando no início da mão. Não deixe que a camisa fique caída por cima da mão.
  • Nos modelos de camisa com colarinho rigor, somente as pontas do colarinho são levemente dobradas, e não devem ser presos por baixo da gravata.
Colarinhos
Punhos
Gravatas: forma errada de usar
Gravatas: forma errada de usar

Gravatas

  • As gravatas podem ser de vários tipos, de acordo com o seu estilo e de acordo com o estilo de seu traje: gravatas sociais tradicionais ou slim (mais estreitas), gravatas em crochê, gravatas borboleta, gravatas plastrom (com lados sobrepostos), e gravatas modelo rigor (similares às tradicionais, porém com um detalhe na altura do nó, que pode ser um drapeado, uma pedra, ou algo similar).
  • Nas gravatas sociais, o comprimento da gravata deve tocar levemente a altura do cinto, ou sobrepor levemente sobre o cinto. Gravatas sociais com zíper não tem ajuste de comprimento, então verifique corretamente na hora de comprar/alugar.
  • Ao colocar uma gravata, vire o colarinho da camisa, ajuste a gravata na altura correta, e somente depois desvire o colarinho da camisa.
  • Caso você esteja utilizando um colete, não deixe que a ponta da gravata apareça pela parte inferior do colete. A gravata deve ser sempre mais curta que o colete.
  • Lembre-se de passar o lado mais estreito da gravata social pelo passante que existe na parte de trás da gravata. Caso ele fique mais curto que o passante, coloque para dentro da sua camisa social, passando entre os botões da frente. Em momento algum o lado mais estreito da gravata deve ficar mais comprido que o lado mais largo da gravata, ou aparecendo aos lados. Neste caso, utilize a mesma técnica e coloque por dentro da camisa social.
  • Gravatas borboletas: quando usadas com o colarinho tipo rigor, nunca devem prender as pontas do colarinho por baixo das tiras. Elas podem estar à frente do colarinho, mas sem prendê-lo.

Sapatos e meias

SAPATOS
  • Sapatos corretos para usar trajes sociais ou trajes a rigor são sempre modelos sociais. Podem ser envernizados ou não.
  • O modelo do sapato varia de acordo com a coleção. Pode ser com bico arredondado, bico quadrado, e o mais correto é o bico social fino. Evite usar os sapatos com bicos quadrados muito longos, pois eles são mais esportivos.
  • A cor do sapato pode variar. Confira abaixo as combinações possíveis:
    • Terno preto: Sapato preto
    • Terno Azul Marinho: Preto, azul marinho, marrom café e o vinho
    • Terno Azul (mais claro): Preto, marrom café, vinho, castanho e caramelo.
    • Terno Grafite e Chumbo: Preto ou grafite
    • Terno Cinza (mais claro): Preto, grafite, marrom café, vinho, castanho e caramelo
    • Terno Marrom: Preto, marrom café, vinho, castanho e caramelo.
    • Terno Branco: Branco ou preto
      • Quanto mais próximo à cor do terno, mais social. Quanto mais destacado do terno, o traje fica mais despojado e perde levemente sua formalidade.
      • Uma dica – sapatos da mesma cor do terno dão a impressão de você ser mais alto.
      • Mesmo escolhendo uma das combinações acima, olhe-se nbo espelho e veja como está a composição de seu traje por completo. Se uma das peças estiver se destacando muito, troque.
MEIAS
  • Meias: Não existe uma opção correta ao se usar meias, principalmente pela moda ditada atualmente. Mas se você não quer correr o risco de errar, vamos a algumas dicas:
    • As meias devem sempre combinar com a cor da calça ou com a cor do sapato. Se não possuir da mesma cor, procure um tom bem próximo. Mas fique atento:
      • Ternos pretos, sempre com meias pretas
      • Meias brancas são esportivas, e não devem ser usadas em nenhum caso
      • Se você não conseguir fazr a combinação de cores, pode utilizar meias que fazem o contraste com a calça, , ou meias do estilo listradas, xadrez ou espinhas de peixe.
      • Caso você queira ousar, as meias estampadas e coloridas estão em alta. Estas conseguem provar que você é moderno, jovial e tem estilo próprio. ao mesmo tempo que deixam o traje ainda mais informal.

NÃO ERRE AO ESCOLHER O TRAJE

Verifique o tipo de evento e qual o traje que se encaixa corretamente conforme consta no convite

Gala / Black Tie / Traje a rigor

O mais formal dos trajes, utilizado em eventos com muito glamour, como bailes de gala, premiações etc.
  • Homens: Traje de gala é o smoking. Preferencialmente o preto, com a lapela em cetim, gravata borboleta preta, camisa branca em modelo específico e sapatos pretos (podem ser sapatos de verniz)
  • Mulheres: Vestidos longos, com ou sem cauda, que podem conter fendas, decotes, bordados e muito brilho. Sapatos de salto alto, e acessórios que complementem o traje, como estolas, jóias etc

Traje Social / Passeio Completo

Utilizados em ocasiões importantes, é um traje sério e formal. Combina com casamentos, formaturas – quando não se é o(a) formando(a) – jantares, reuniões de negócios, apresentações…
  • Homens: Traje social é o terno. Paletó e calça do mesmo tecido e conjunto, que pode ter o colete ou não (quando não possui o colete, é chamado de costume). A camisa social (sempre em manga longa) preferencialmente em cores claras, gravata e  sapatos pretos (em alguns casos pode também ser usado o sapato marrom – confira em nossas dicas).
  • Mulheres: Vestidos longos para os eventos noturnos, e longos ou longuetes para eventos diurnos. Fendas, decotes, e transparências podem ser usadas (com moderação). Tecidos nobres. Acessórios como estolas, jóias etc podem ser usados de forma discreta.

Esporte Fino / Passeio

Um estilo muito utilizado em eventos importantes, mas que permitem um pouco mais de descontração. O traje passeio ou esporte fino, embora seja um pouco mais informal, ainda necessita de uma certa formalidade.
  • Homens: Recomenda-se o uso de calças sociais ou em brim, com camisa social e um blazer ou paletó. Sapato social, que pode ter o bico levemente arredondado. A gravata pode ser dispensada.
  • Mulheres: Se o evento é durante o período diurno, túnicas, pantalonas, tailleur com calça ou saia. Para a noite, o tão famoso “pretinho” básico. Vestidos na altura dos joelhos (longuetes), com tecidos nobres, e brilho pode ser usado com moderação, assim como os sapatos e as bolsas.
IMPORTANTE: Na dúvida, tente usar um traje o mais próximo possível do pedido no convite, ou em uma categoria superior, para não errar tanto. Afinal, você quer ser visto como “bem vestido” no evento, ao invés de ser lembrado como “não sabe se vestir”.

Acessórios

COLETES
  • Coletes são acessórios bastante versáteis. Podem ser usados em várias ocasiões, fazendo com que seu look se altere totalmente. Há também opções de coletes que são feitos em tecidos diferentes e com texturas diferentes, que podem ser usados com trajes sociais, com trajes a rigor e também com trajes na linha esporte-fino.

CURIOSIDADE – O que no dia-a-dia costumamos chamar de terno na verdade é o costume (que se compõe apenas de duas peças, paletó e calça). O terno em si é composto por três peças, que são paletó, colete e calça.

  • Os coletes podem ser da mesma cor que o traje ou em cores distintas. Como um acessório, você pode fazer combinações com o traje e também com outros acessórios, como por exemplo, a gravata
  • O colete não deve ficar justo, grudado em seu corpo. Mas também não deve ficar largo demais. O ideal é que ele esteja em suas medidas, permitindo que você se movimente e se sente/levante sem atrapalhar nestes movimentos.
  • Comprimento do colete – o colete deve terminar um pouco abaixo da linha da cintura, preferencialmente cobrindo o cós da calça.
  • Mesmo utilizando um colete, que pode esconder o cós da calça, não deve deixar de usar um cinto social.
  • O colete,como acessório, pode  servir como peça coringa, mudando por completo o visual de um traje, serve para proteger em climas frios, e ainda tem o poder de dar um ar levemente vintage e poderoso a quem utiliza, Mas lembre-se de utilizá-lo sempre abotoado.
  • Se forem em cores ou texturas diferentes, faça combinações, olhe no espelho e veja se você está confortável com o visual.
CINTOS
  • Não importa o que os outros digam – se você não estiver usando suspensórios, sempre use cinto com seus trajes sociais.
  • Opte por cintos em couro, se possível no  100% couro, preferencialmente da cor de seus sapatos.
  • Os cintos não devem ser largos demais (acima de 4,5 cm) devido ao passante no cós das calças. Mas também não precisam ser os mais estreitos.
  • A fivela deve ser proporcional ao tamanho do cinto. Pode ser em cores variadas, do tipo fivela de furo ou de encaixe tipo catraca. Mas nada de usar aquela fivela gigante, igual às utilizadas por cowboys e peões de rodeio.
  • O cinto deve servir para manter a calça firme no lugar correto da cintura. Mas nada de apertar a calça com o cinto, caso contrário você criará uma prega na calça, e o que seria um acessório para te deixar elegante vai fazer justamente o oposto.
SUSPENSÓRIOS
  • Suspensórios são acessórios amados por alguns e odiados por outros. Eles tem a função de manter a calça no local correto na altura da cintura.
  • Os suspensórios você encontrará de vários tipos de modelos e em várias opções em cores. Quanto mais largos, mais eles darão a sensação de segurança a quem usa. Se possível, opte pelas opções com garras duplas nas pontas, que também passarão uma segurança maior, além de serem mais elegantes.
  • A posição correta para se usar o suspensório é no meio dos ombros, e nas costas, centralizado. Nas opções reguláveis, tente deixar os dois lados com o mesmo tamanho. Nas opções em elástico, verifique se o elástico ainda é firme o suficiente para usá-lo
  • Sempre que possível, opte pelas cores neutras quando usando com terno e gravata. Caso queira ser mais ousado, utilizando um suspensório com estampas ou formas geométricas, faça a combinação com outro acessório, como por exemplo a gravata.
  • Como sempre, válido para todos os acessórios, vista e olhe-se no espelho. Se a combinação não estiver confortável aos seus olhos e ao seu estilo, troque por outro.
LENÇOS E FLORES
  • LENÇOS
    • Um acessório que pode causar uma mudança totalmente no seu look, os lenços tem ganhado adeptos cada vez mais.
    • Os lenços de bolso podem ser utilizados em trajes sociais (ternos e blazers) e trajes a rigor (smoking).
    • Por se tratar de um acessório, a utilização não é obrigatória (a não ser quando são exigidos pelos noivos em um casamento, por exemplo).
    • Podem ser utilizados em combinação com a cor da gravata, com a cor da camisa, fazendo um contraste com ambos e com o traje, em tons degradê, em padronagens diferentes… em suma, não há uma regra a ser seguida ou quebrada.
    • Lenços brancos são um clássico. Atemporais, combinam com qualquer evento, até mesmo em eventos mais formais como casamentos e formaturas. Pode usar sem o risco de errar.
    • Há diversas formas de se utilizar um lenço no bolso do paletó. Podem ser dobrados de forma triangular (em bico), podem ser dobrados em forma retangular com apenas um friso ou tira aparecendo, ou podem simplesmente serem colocados no bolso, com a opção de aparecerem as pontas ou não.
    • Veja o seu estilo, faça testes, olhe no espelho e escolha o que mais se encaixa.
  • FLORES
    • Em alguns eventos, principalmente casamentos, podem ser usadas flores na lapela do paletó do terno. É muito importante observar que:
      • As flores devem ser em tamanhos pequenos, nada exagerado.
      • Respeite a proporcionalidade do tamanho da pessoa e do tamanho da lapela. Atualmente, os trajes possuem lapelas em tamanhos distintos – como por exemplo as lapelas dos trajes slim fit que são bem estreitas. A flor deve caber na largura da lapela, sem ultrapassá-la lateralmente.
      • Observe também a altura que será posicionada a flor. Algumas lapelas do tipo notch (que tem um recorte em formato de “V” deitado) e do tipo peak (que possuem um bico mais largo em destaque) possuem um tipo de casa de botão que indica a posição da flor. As lapelas arredondadas não possuem esta indicação. Independente do tipo de lapela, a flor não deve ficar abaixo do bolso lateral do paletó, e também não devem ultrapassar a costura/recorte (no caso das lapelas notch/peak).
      • As flores devem ser presas na lapela pela parte de trás, com um alfinete.
      • Sempre que possível, utilize flores naturais e da estação.
RELÓGIOS E ABOTOADURAS
  • Relógios e abotoaduras são acessórios opcionais. Fica a critério de cada um o seu uso.
  • Caso vá usar um relógio, lembre-se: o relógio deve ser modelo mais social e discreto o possível. Nada daqueles modelos gigantescos que produzem volume em seu pulso.